Bancos de investimento global continuam financiar combustíveis fósseis

Desde que o Acordo de Paris foi assinado, vários bancos financiaram em cerca de 2,5$ milhões de milhões empresas de combustíveis fósseis, revela o relatório Banking on Climate Change 2020.
A hipocrisia é tremenda. O JP Morgan Chase, cujos economistas alertaram para a ameaça que a crise climática coloca à vida humana, tem sido o maior financiador da indústria. O relatório diz ainda que, no geral, o investimento aumentou após o Acordo de Paris.
Atrigo completo: theguardian.com